Por Daniel Rocha

Guardiões da Galáxia Vol.2, em cartaz, reforça uma tendência bem curiosa dos filmes com super-heróis, a inspiração nas produções adolescentes  da década  de 1980.

Continuação do filme de 2014 que estourou nas bilheterias com uma trilha sonora oitentista que agradou em cheio os fãs  do gênero e a crítica especializada.

Como à regra em Hollywood é repetir  o que deu lucro, a segunda parte abusa de tudo que deu certo no primeiro e acrescenta participações especiais e citações.

 

No rastro da fórmula o material de divulgação  dos próximos filmes da Marvel Estúdio  já vem dando sinais que também vão seguir a tendência retrô. Isso fica evidente na fonte utilizada nos gráficos do trailer do novo filme Thor: Ragnarok (2017), exatamente como dos quadrinhos da década perdida.

 

thorCapa

 

 

Já o novo filme do Homem – Aranha promete ir mais longe e ao que tudo indica terá como referência os filmes de John Hughes, diretor e roteiristas dos clássicos adolescentes, Curtindo a Vida Adoidado (1986) e Clube dos Cincos (1985), como sugerem imagens já divulgadas.

Para quem não conhece o trabalho de John Hughes, trata-se do diretor que criou o estilo de filme  adolescentes dos anos oitenta, com foco nos personagens  jovens que, além da vida escolar infernal e hormônios  em erupção, vivenciavam dramas sentimentais, familiares em meio a descoberta da liberdade.

 

spider-man_homecoming_the_breakfast_club

A foto a esquerda é do elenco do Homem-Aranha e a direita é do filme Clube dos Cinco

 

Porém, o  filme do Aranha não será o primeiro a beber na fonte, em Guardiões da Galáxia Vol.2  já  é possível notar pitadas da fórmula Hughes, que pode ser  facilmente percebido no modo de ser dos personagens como o alienígena Drax, expressivo, infantil e idiota mas nem por isso  sem sentimentos.

Já a Warner Bros/ DC, responsáveis pelas franquias Liga da Justiça, já deu sinais que não vai dispensar o filão ao soltar um rock roll Come Together de Aerosmith no último trailer do filme.

O Estúdio Fox, que detém os direitos de produção dos personagens,  Deadpool e X- Men, pode ser apontado como um dos pioneiros no uso da fórmula nos filmes X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido (2014) e no X- Men Apocalipse (2016).

Seja como for, Guardiões da Galáxia Vol.2, o visual é bonito, os efeitos especiais são bons, os atores são ótimos, o humor e a trilha sonora  funciona e encanta de verdade. Este é um bom entretenimento. Um bom à moda antiga.

Em Cartaz :

 

Cine Teixeira

Guardiões da Galáxia Vol.2

Sessões:
17:45
20:30

Cinesercla PátioMix Teixeira de Freitas

3D
20:20

 

Compartilhar: