Exposição “Mandela” em Salvador: preparativos

Inédita no Brasil, mostra “Mandela: de Prisioneiro a Presidente” marca as comemorações pelo centenário do líder sul-africano

Por SecultBA

A cidade de Salvador está entre os destinos confirmados da exposição Mandela: de Prisioneiro a Presidente, trazida ao Brasil através do Instituto Brasil África (IBRAF), e que na Bahia conta com a parceria da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA). A mostra vai ter uma temporada de cinco meses no país e marca as comemorações do centenário do líder sul-africano.

O diretor do Museu do Apartheid, Christopher Till, visita Salvador na próxima terça-feira, dia 17 de abril, para vistoriar e eleger o equipamento que sediará a exposição na capital baiana.

A visita começa às 9h30, no Palacete das Artes, e segue para o Museu de Arte da Bahia, espaços administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), autarquia vinculada à SecultBA. O Presidente do Instituto Brasil África, João Bosco Monte, também participa da visita.

O percurso nacional tem início na capital cearense em junho. A mostra chega a Salvador em outubro e fica até novembro, enriquecendo a programação das celebrações pelo Dia da Consciência Negra na capital baiana.

A exposição traça o percurso da vida de Mandela desde o início do ativismo contra o regime racista do governo sul-africano, passando pelos 28 anos de prisão, pela vitória no Prêmio Nobel da Paz, até a eleição como primeiro presidente negro da África do Sul. Entre as peças estão fotos e vídeos produzidos por diversos artistas. Vai ser montada também uma réplica da cela da Ilha de Robben, onde o líder sul-africano ficou 18 anos preso.

A mostra tem curadoria do Museu do Apartheid, em Joanesburgo, na África do Sul, e foi idealizada em 2008. Já passou por França, Suécia, Estados Unidos, Equador, Argentina, Peru e Luxemburgo e foi vista por mais de um milhão de pessoas.

Serviço

Visita Christopher Till e Presidente do IBRAF

17 de abril, 9:30 – Palacete das Artes e Museu de Arte da Bahia

Exposição Mandela: de Prisioneiro a Presidente em Salvador

8 de outubro a 30 de novembro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *