Por Daniel Rocha*

A revista especializada em Ufologia, UFO, de novembro de 1997, publicou que no dia 08 agosto daquele ano, que moradores de cidades baianas como Teixeira de Freitas,BA, relataram ter avistado um objeto voador não identificado (OVNI), semelhante a uma esfera de luz e fogo, vagando pelo céu e espaço do estado no início da noite. Outras cidades da região também avistaram o objeto. O relato faz lembrar visões do passado narradas por antigos moradores como sendo de seres folclóricos.

De acordo com os cálculos do centro de observação do Estado, Sociedade de Estudos Ufológicos de Lauro de Freitas (SEULF), sobre o objeto avistado “o extraordinário fenômeno” também foi observado em várias cidades do sul e extremo sul da Bahia como Caravelas, Ilhéus, Itabuna, Mucuri, de modo que os principais relatos e observações foram registrados nas cidades, Salvador, Camaçari e Feira de Santana, dentre outras.

Diante da repercussão do ocorrido, astrônomos e ufólogos apresentaram pontos de vistas diferentes sobre. Os astrônomos apoiaram e defenderam a hipótese de ter sido um grande bólido (meteoro) que foi visto pelos baianos das diferentes cidades porque naquela semana uma chuva de meteoritos estava sendo aguardada por eles no céu do Estado.

Já os ufólogos sustentaram que “os fatos e os depoimentos” levantados por eles, “apontaram para a manifestação do Fenômeno UFO”, em outras palavras, que se tratava de fato da passagem de disco voador. 

Entre os diversos testemunhos registrados ou recebidos pelo SEULF, através do Disk-UFO, não  consta nenhum relato de moradores da região do extremo sul da Bahia publicado na revista, contudo, destacou a publicação que: 

“Dentre todas as regiões, uma delas merece maior destaque pelo número de observações e telefonemas para o Disk-UFO: o sul da Bahia. (…) Foram recebidas de oito a dez ligações por dia referentes àquela noite”. 

Considerando outra perspectiva, a do ufólogo Antonio Pedro da Silva Faleiro, que defende a hipótese que historicamente as pessoas atribuíram nomes populares às aparições de ÓVNIS é possível supor que o avistamento desses objetos na região remete a um passado ainda mais distante. 

Isso porque no interior do município de Alcobaça da década de 1950, ao qual o atual território teixeirense estava subordinado, moradores da zona rural narram histórias ,ouvidas dos mais velhos, sobre a aparição de uma esfera de luz e chamas  que eram comumente associada ao personagem folclórico Boitatá. “Uma bola de fogo que paira nas matas e sobre o Rio Itanhém.”  

Em 2013 publicamos um registro dessas memórias e lançamos um vídeo animado de como acontecia e era compreendidas essas aparições, que visto da perspectiva do ufólogo,Faleiro,  mostra que há de fatos semelhanças entre a descrição do objeto observado no céu da cidade em 1997 e as narrativas históricas.

Diante das perspectivas apresentadas, é possível afirmar que os testemunhos, antigos e atuais, são importantes registros do imaginário popular que devem ser preservados e narrados e observados, pois, como diz o historiador Marc Ferro, “o imaginário do homem, é tanto história quanto a História.”

Fontes: 

FERRO, Marc. Cinema e história. Rio de 

Janeiro: Paz e Terra, 1992. 

  UFOs dão um show nos céus da Bahia, publicados na Edição 55, de novembro de 1997.   https://ufo.com.br/artigos/ufos-dao-um-show-nos-ceus-da-bahia.html

UFOs, sondas e ETs sempre estiveram entre nós gerando lendas folclóricas.

Lalla Barreto | Edição 246 | Maio de 2017. : https://ufo.com.br/entrevistas/ufos-sondas-e-ets-sempre-estiveram-entre-nos-gerando-lendas-folcloricas.html

O Causo do Boitatá. Daniel Rocha. : http://tirabanha.blogspot.com/2015/07/o-causo-do-boitata.html

Daniel Rocha da Silva*

Historiador graduado  e Pós-graduado em História, Cultura e Sociedade pela UNEB-X. 

Contato WhatsApp: ( 73) 99811-8769 e-mail: samuithi@hotmail.com

O conteúdo  deste Site não pode ser copiado, reproduzido, publicado no todo ou em partes por outros sites, jornais e revistas sem a  expressa autorização do autor.

Receba notificações de novas postagens (Clik)

https://www.facebook.com/daniel.rochadasilva.94

Compartilhar: