Arquivo da categoria: Cultura

Cia de Teatro Temat – 23 Anos de História

Cia de Teatro TEMAT

Contato: (73) 3011-6614/ (73) 9936-3701/ (73) 9979-6614

End. Rua Jesuíno Martins de Souza 35 A, SALA 203 – CENTRO.

 

Por Marcos Marcelo*

Teatro e Movimento Artístico de Teixeira de Freitas, o grupo TEMAT, vem fazendo um grande trabalho cultural não só na cidade, mas em toda região. Com diversas atrações, espetáculos, peças teatrais, animações em festas particulares, divulgação comercial, oficina de teatro e outros. Com uma equipe de profissionais qualificados com 23 anos de história.

O diretor do grupo Temat Erlan de Souza é delegado de cultura da costa das baleias, foi Diretor geral do salão de artes visuais que entre o mês de agosto e setembro foi aberto ao público teixeirense. Erlan também é o produtor local do curso de qualificação em música, curso oferecido pela FUNCEB (Fundação de Cultura do Estado da Bahia), curso com certificado reconhecido pelo MEC.

 

Histórico do Grupo TEMAT

 

1990 – Em 05 de fevereiro de 1990 é fundado o Grupo de Teatro Temat (Teatro e Movimento Artístico de Teixeira de Freitas) por um grupo de estudantes do Centro Educacional Professor Rômulo Galvão e participantes do grupo de jovens JUDAC, coordenado pelo artista plástico, escritor e dramaturgo Elizeu Matias Magalhães. Com a criação da primeira peça teatral intitulada “Máquinas Criação dos Homens”, o grupo deu início a várias apresentações que se estenderam por todo o ano de 1991.

1992- Montagem e apresentações das peças “Triste Partida” e “Situações Sociais”.

1993- Realização do primeiro projeto denominado “Escola”, no município de Teixeira de Freitas.

1994- Montagem e apresentações da peça “O Homem e a Terra”.

1995- Montagem e apresentações da peça “Um País Capitalista”.

1996/1998 – Oficinas internas e montagem das peças “Meninos de Rua” e “A Revolta das Plantas”.

1999- Montagem e apresentações da peça “Vivo? Ou Morto?” e a criação da performance “Estações”.

2000 – Participações no II Festival de Teatro de Teixeira de Freitas com a peça “Vivo? Ou Morto?” e na Oficina de Danças Folclóricas do Projeto Chapéu de Palha da Funceb.

2001- Participação nos Cursos de Ballet e Danças Folclóricas com os professores Val Mascarenhas e Silvia Macedo, ambos de Salvador. Neste mesmo ano participou da montagem dos espetáculos de dança “Contos de Ballet” e “Show Folclórico”.

2001- Participação no III Festival de Teatro de Teixeira de Freitas com a peça “A Princesa que Perdeu o Sapatinho”, montagem e apresentações da perfomance Thriller.

2002- A partir deste ano, com a saída de alguns membros do grupo, são convidados para fazerem parte do grupo de teatro Temat outros atores que antes pertenciam a outros grupos de teatro. Os atores convidados foram Erlan de Souza, Edinéia Pereira, Gelson Silsan, Lívia Lins e Núbia Oliveira. Com a chegada desses novos atores o grupo de teatro da uma alavancada e inicia trabalhos com animações de aniversários, a criação do espetáculo “As Aventuras dos Palhaços”, performances em lançamentos de livros, confraternizações e trabalhos tanto para o comércio local, quanto para grandes empresas de toda a região.

2003- Participação no 5º Encontro e Mostra de Teatro Popular de Rua da Bahia, em Salvador-BA com a performance “A Porta Remendada”.

2004- Apresentação da peça “A princesa que perdeu o sapatinho no Bosque Encantado” na semana da criança em Teixeira de Freitas; Diversas apresentações do espetáculo “Quem não tem cão, caça com gato” em Universidades, Escolas Públicas e Privadas de Teixeira de Freitas e região.

2005- Mudanças no Estatuto e Regimento Interno do grupo para alteração de nome: o Grupo de Teatro Temat passará a ser reconhecido como Cia de Teatro Temat.

2005- Participação no Congresso Municipal de Educação de Nova Viçosa-BA com esquetes humorísticas; Apresentações da peça “Chapeuzinho Vermelho, uma história que você nunca viu”; Montagem e apresentação da performance “Natal de Luz” da CDL para todos os comerciantes de Teixeira de Freitas.

2006- Assembleia para eleição do novo diretor da Cia de Teatro Temat. Nesta assembleia, Erlan de Souza Santos foi o mais votado e, portanto, se tornando o diretor geral da Cia de Teatro Temat.

2006- Neste mesmo ano, foi alugado o primeiro espaço para o escritório da Cia de Teatro Temat, já que antes sua sede se localizava na casa do ex-diretor e fundador Elizeu Matias; A partir daí, a Cia de Teatro Temat colocou em prática o seu Projeto de Oficina de Teatro na Escola; Montagem e apresentações da peça “Meio Ambiente, vamos cuidar?”; Participação na Semana da Criança do Shopping Teixeira Mall Center; Apresentação no Projeto de Educação de Jovens e Adultos com a peça “Quem não tem cão, caça com gato”; Apresentação para a empresa Buffon´s na cidade de São Mateus-ES com a peça “Bom Senso”; Apresentação a inauguração da empresa CETEMP com a esquete “Diferencial”; Apresentação na Semana da Criança no Bosque Encantado em Teixeira de Freitas com as peças “Meio Ambiente” e “O Circo”; Animações beneficentes em postos de saúde de Teixeira de Freitas; Conclusão da oficina de teatro com a montagem e apresentação da peça “O Bonequeiro Vitalino”; Participação na VII Festa do Interior de Posto da Mata-BA com esquete “Lampião e Maria Bonita”; Participação na Campanha de Verão no Trânsito com as Polícias Rodoviárias Federais do Estado da Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais; Além de diversas apresentações em eventos com grandes empresas da região.

2007- Apresentação da esquete “Professores nossos de cada dia” na jornada pedagógica do município de Teixeira de Freitas; Participação na Semana da Cultura; Apresentação para Suzano Papel e Celulose com a peça “Câncer de Próstata” e para a empresa Arcellor Mittal com a peça “Ergonomia”; Apresentação da peça “O Segredo do Cofre” em diversar escolas públicas de Teixeira de Freitas; Montagem e apresentações da peça “As Histórias de Zé Distraído e João Prevenido” para a Sipat da empresa Suzano Papel e Celulose; Apresentações para a empresa Sinopec com atividades de Arte e Educação; Apresentações em diversos municípios da região; participação na Campanha de Verão 2007.

2008- Participação na peça “Pianíssimo” da Escola de Música Villa Lobos; Participação na peça “Paixão de Cristo”; Apresentações nas Sipat das empresas Arcellor Mittal com a peça “Saúde e Segurança” e Suzano Papel e Celulose com a peça “As Garotas do Rádio” com o tema Acidente Zero; Remontagem do Show Folclórico “Dança Nordeste” para a participação no III Festival Multiarte Firmino Rocha em Itabuna-BA; Participação em diversos eventos beneficentes como ATPD e PETI; Recreação no Hotel Residencial Mirante na praia de Guaratiba-BA; Apresentações em diversas escolas particulares com as peças “Dona Baratinha” e “Caça ao Tesouro”; Apresentação na Sipat da Suzano Papel e Celulose com a peça “Prevenir é melhor que remediar”; Participação em confraternizações de diversas empresas e na Campanha de Verão 2008.

2009- Montagem e apresentação da peça “Minha Vida em Minhas Mãos” para a empresa Arcellor Mittal; Continuidade das apresentações para a empresa Sinopec com as atividades de Arte e Educação; Apresentação do espetáculo “As aventuras dos Palhaços” em diversas escolas públicas e particulares; Participação em diversos eventos beneficentes de Teixeira de Freitas e região; Apresentação para a empresa WM de Posto da Mata-Ba com a peça “Higienização, Amamentação e Alimentação”; Montagem e apresentação do espetáculo “A Bela e a Fera”; Apresentações para a Sipat das empresas Suzano Papelo e Celulose e Corcovado com a peça “Feira da Saúde”; Participação na Campanha de Verão 2009.

2010- Animação e recreação nos Residências Mirante e Praia da Paixão, ambos no município do Prado-BA; Apresentações para a empresa
Suzano Papel e Celulose com a peça “De olho no registro”, intervenções sobre os 5 sensos e na Sipat com a adaptação da peça “Minha Vida em Minhas Mãos”; Apresentações em confraternizações de diversas empresas da região, festas de aniversários, semana da criança etc.; Participação na Campanha de Verão 2010.

2011- Oficinas internas de teatro, atuação em projetos sociais, apresentações em aniversários, festas particulares.

2012- Participações na semana do teatro em Teixeira de Freitas, trabalhos publicitários, apresentações para a Sipat das empresas Suzano Papel e Celulose, peças teatrais e trabalhos publicitários.

2013- Animações em festas particulares, divulgação comercial, oficina de teatro e outros. Apresentação cultural na semana da criança

 

Fonte:

http://circuitodeteatro.blogspot.com.br/p/historico-da-cia-de-teatro-temat.html

 

Marcos Marcelo

Assistente Social, Pesquisador, Músico Freelancer, Produtor Musical, Compositor, Publicitário e blogueiro.

Noite de premiação nos Salões de Artes Visuais da Bahia em Teixeira de Freitas

AS OBRAS DE   20 ARTISTAS ESTÃO EXPOSTAS NO CENTRO DE CULTURA DO MUNICÍPIO

POR FUNCEB*

Teixeira de Freitas, no extremo sul do Estado, abriga a segunda etapa dos Salões de Artes Visuais da Bahia 2013, cuja abertura oficial, na última sexta-feira (16), reuniu dezenas de artistas e convidados no Centro de Cultura do Município (rua Prudente de Moraes, 147, Centro), numa noite que culminou com a premiação dos vencedores entre os 20 expositores da mostra, selecionados através de edital público. O evento, promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), conta com a parceria da Prefeitura  Municipal de Teixeira de Freitas. O Salão foi aberto ao público no sábado (17) e poderá ser visitado até 29 de setembro, gratuitamente, de segunda a domingo, das 9 às 12 e das 14 às 21 horas.

A solenidade de abertura do Salão contou com a presença do prefeito de Teixeira de Freitas, João Bosco Bitencourt;  diretora da Funceb, Nehle Franke; coordenadora de Artes Visuais da Funceb, Luciana Vasconcelos;  secretário de Educação e Cultura de Teixeira de Freitas, Ari Silva Santos; secretária de Esporte e Cultura de Itamaraju, Dilce Moura, vereadores locais e também o representante territorial do extremo sul, Junieques Santos, dentre outros. O mestre de cerimônia foi o ator Ricardo Fagundes, e a noite teve ainda música ao vivo e coquetel.

PREMIADOS – A comissão julgadora, formada por Irley de Jesus Leal (artista plástico de Teixeira de Freitas), Priscila Lolata (professora do SENAC /Salvador) e Tom Boechat (professor da UFES), conferiu três prêmios de R$ 7 mil para os artistas Clara Domingas, com a obra “Feels Like Homie” (instalação); Devarnier Hembadoom Apoema,Caixa de socorro para hipocondríacos compulsivos” (objeto) e  João Oliveira, “Porque as Fêmeas conhecem tudo da dor” (gravura em metal). Também foram concedidas Menções Especiais aos artistas Osvaldo Carleone, “Requiescat in Pace” (videoarte) e Tiago Sant’ana, “Como explicar Rousseau, a origem da propriedade privada e o homem em estado de natureza para 20 quilos de peixe fresco” (instalação). Posteriormente, será anunciado o Prêmio do Público, concedido através do voto dos visitantes.

*Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB

Foto : Trabalho premiado de João Oliveira, “Porque as fêmeas conhecem tudo da dor”

Foto de Tiago Barreira (Divulgação)

Salões de artes visuais, Teixeira de Freitas

 

FUNCEB*

ARTISTAS E OBRAS PARTICIPANTES DOS SALÕES DE ARTES VISUAIS DE TEIXEIRA DE FREITAS.

 

Ana Carolina Frinhani Fuller, com a obra “Experiment´s” (videoarte); Arthur Scovino, “Pronto para Outra” (instalação com 5 fotografias);Caetano Travassos, Sem Título (instalação); Cecília Tamplenizza,“A Roda dos Enjeitados” (fotografia); Clara Domingas, “Feels Like Homie” (instalação); Devarnier Hembadoom Apoema, “Caixa de socorro para hipocondríacos compulsivos” (objeto); Erivan Morais, “Coágulos” (fotografia); Fábio Duarte, “Salvador” (instalação de fotografia); Gilberto Bahia, “Filosofia de Bicicleta“ (acrílica s/tela); Ingrid, “Paz na Terra”(colagem digital em tela canvas); Nilson Moura, “Des-Conexões Antrópicas – 16” (fotografia); João Oliveira, “Porque as Fêmeas conhecem tudo da dor” (gravura em metal – tríptico), Johannes, Objetos – sem título” (instalação), Lita Santana, “Rasgue meu corpo obsoleto” (instalação); Santil, “Bicho Homem” (desenho nanquim sobre papel); Mayra Lins, “Tempo Solto do tempo, matéria de suspensão” (fotografia digital), Osvaldo Carleone, “Requiescat in Pace” (videoarte); Ramon Rá, “Procurando Lêndea” (materiais pentes e tela- assemblage); Tiago Sant’ana, “Como explicar Rousseau, a origem da propriedade privada e o homem em estado de natureza para 20 quilos de peixe fresco” (instalação), Viviane Viriato, Sem Título (fotografia).

 

Salões de Artes Visuais da Bahia 2013

Edição Feira de Santana

Exposição com 26 obras

Onde: Centro de Cultura Amélio Amorim (Av. Presidente Dutra, 2.222, Capuchinhos)

Abertura: 26 de julho (sexta-feira), às 19 horas

Visitação: 27 de julho a 8 de setembro, segunda a domingo, das 10 às 20 horas

 

Edição Teixeira de Freitas

Exposição com 20 obras

Onde: Centro de Cultura de Teixeira de Freitas (Rua Prudente de Moraes, 147, Centro)

Abertura: 16 de agosto (sexta-feira), às 19 horas

Visitação: 17 de agosto a 29 de setembro, segunda a domingo, das 9 às 12 e das 14 às 21 horas

 

Edição Lençóis

Exposição com 17 obras

Onde: Casa Afrânio Peixoto (Praça Afrânio Peixoto, s/n, Centro)

 

Abertura: 4 de outubro (sexta-feira), às 19 horas

Visitação: 5 de outubro a 17 de novembro (horários de visitação a divulgar)

 

Edição Barreiras

Exposição com 21 obras

Onde: Palácio das Artes (Praça Castro Alves, Centro)

Abertura: 25 de outubro (sexta-feira), às 19 horas

Visitação: 26 de outubro a 8 de dezembro (horários de visitação a divulgar)

 

Edição Vitória da Conquista

Exposição com 25 obras

Onde: Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima (Av. Rosa Cruz, 45, Recreio)

Abertura: 8 de novembro (sexta-feira), às 19 horas

Visitação: 9 de novembro a 15 de dezembro (horários de visitação a divulgar)

 

 

Informações: 71 3324-8519 / saloes.artesvisuais@funceb.ba.gov.br

 

Apoio: Prefeitura Municipal de Barreiras/ Prefeitura Municipal de Lençóis/ Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas/ DEC/ Sudecult/ FPC

Realização: Dirart/ FUNCEB/ SecultBA

 

 

*Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB

Biblioteca Digital Mundial reúne acervo histórico em sete línguas

Allan Walbert – Portal EBC*                                          16.07.2013 – 11h50

O primeiro texto impresso da história, trabalhos científicos árabes sobre o universo da álgebra, a Bíblia de Gutemberg e fotos antigas da América Latina. Esses são apenas alguns dos mais de mil documentos divulgados na Biblioteca Digital Mundial, um projeto da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e outras 32 instituições.

Através da página virtual, os internautas têm acesso a textos, fotos, mapas e gravuras em sete línguas: árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português. O acervo não tem publicações atuais. “Nosso acervo tem valor patrimonial, para ajudar a compreender melhor as culturas do mundo”, afirma o coordenador da ação, Abdelaziz Abid.

Clique aqui para acessar a página: http://www.wdl.org/pt/

O acesso é gratuito. Entre os filtros disponíveis, é possível pesquisar por períodos, zonas geográficas, instituições e tipo de documento.

* Com informações da Agência ONU