A equipe do SINDACESB e a CONACS, através do coordenador geral José Félix e do vice coordenador Daniel Rocha e o diretor Paulo Alves, estiveram reunidos na manhã da sexta-feira, 10 de setembro, com a secretária de saúde de Teixeira de Freitas, Cristiane de  Almeida,  para dialogar sobre assuntos relacionados a categorias  dos Agente Comunitário de Saúde (ACS’s) e dos  (ACE’s) Agente de Combate a Endemias e os problemas relacionados à crise política e sanitária que assola o país.

Durante o encontro, ambos expressaram suas preocupações sobre o impacto da crise sanitária sobre a atenção primária e os trabalhadores das Unidades Básicas de Saúde teixeirenses. Também concordaram sobre a necessidade de caminhar de mãos dadas para poderem superar juntos os desafios de melhorar o financiamento através do cadastro de moradores de áreas e territórios descobertos e proporcionar aos servidores melhores condições de trabalho.

A secretária reafirmou o compromisso do município de pagar a premiação do  extinto PMAQ, Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, que deverá ser depositado nos próximos dias, e levar ao prefeito nossa reivindicação pelo pagamento do incentivo adicional, posse dos ACE do processo judicial, em conformidade com o Processo Seletivo 2016, e posse dos aprovados no Processo Seletivo 2020, condições de trabalho dos Agentes Comunitários da Zona Rural e os Agentes de Combate às Endemias, uniformes e mais diálogos com a categoria que é entusiasta da gestão.

Sobre o encontro, em nota, declarou o Coordenador geral do SINDACESB José Félix: “Gestão Participativo, se faz e se constrói com diálogo, respeito e ajuda mútua. Onde todos somam forças para que os objetivos sejam alcançados o quanto antes. Na certeza que o sucesso de um, é o sucesso do outro. Também o fracasso de um, será o fracasso do outros. Não se trata de quem vence ou quem perde. Mas compreender a importância de cada um dentro do processo de trabalho e desta forma trabalhar por dias melhores  para nós servidores é principalmente para os nossos munícipes (usuários). Cremos e buscamos fazer as lutas desta forma. Juntos somos mais fortes, tem que ser praticado a todo tempo. Continuemos orando em oração. Pois estamos bem próximos das nossas vitórias. JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!”

Compartilhar: