Arquivo da categoria: Giro Cultural

Julho será o mês do Aranha

Por   Daniel Rocha

 Julho será o mês do Aranha, isso porque no dia 06 a Marvel lança no país o primeiro filme do herói que o insere de uma vez por todas no multiuniverso de suas lucrativas franquias. Enquanto esperam os fãs tem à disposição uma série de  excelentes fãs films disponíveis no YouTube.

Sob o título Homem-Aranha: De Volta ao Lar ( Spider-Man: Homecoming) o filme vai apresentar um Peter Parker adolescente, como qualquer outro, ligado às redes sociais e a tecnologia, que além dos tradicionais vilões também terá que superar os desafios da adolescência e da vida escolar, sugere o trailer oficial divulgado.

De acordo com os sites especializados em cinema o novo filme do Homem – Aranha é um dos mais esperados do ano, tendo inclusive ocupado em alguns a primeira posição. Se antes para acalmar a ânsia pela chegada do filme restava aos fãs os games, desenhos e reprises no presente os admiradores podem recorrer aos Fan films , filmes feitos por fãs, para viajar em novas narrativas e formatos do aracnídeo como Homem Aranha Eclipse e    Homem-Aranha – Uma História de Miles Morales.

O filme bastante esperado pelo público,Homem-Aranha: De Volta ao Lar,  estará à disposição dos teixeirenses a partir do dia 06/ 07, em salas do Shopping Pátio Mix,em 2D e 3D, e no Cine Teixeira, Shopping Teixeira Mall, em 2D, que já vem divulgando em seu endereço na internet o lançamento que promete movimentar o mês de julho.

 

Confira um dos Fan film do Homen – Aranha

 

 

 

 

O novo endereço da Festa de São Pedro

Por Daniel Rocha

A cada dia mais nossa sociedade se caracteriza pela pressa, agendas apertadas e horas e horas perdidas em redes sociais, jogos e televisão, sobrando pouco, ou quase nada, para encontrar-se com amigos e participar dos eventos culturais promovido pelas comunidades que nos cerca.  

Se você quer ou sente a necessidade de mudar essa realidade não perca a oportunidade de fazer isso em um dos eventos religiosos, e culturais, mais antigos da cidade, a festa do Padroeiro São Pedro, que será realizada de na nova Catedral, localizada na Avenida ACM, bairro Teixeirinha, próximo ao mercado municipal, do dia 20 a 29 de junho.  

A festa que desde a década de 1960 era realizada na Praça dos Leões, historicamente ligada a antiga Catedral, hoje convertida em capela de adoração, deixa pela primeira vez seu antigo local de culto para ser realizado na nova Catedral do padroeiro a fim de proporcionar mais espaço, conforto e segurança aos fiéis e visitantes que buscam reflexões de paz, amor, comunhão e interações saudáveis.  

capture-20170624-101758

Mas o que pensam os fiéis sobre a mudança? De acordo com Marizete Ribeiro que a mais de trinta anos frequenta e participa da festa, a mudança é positiva e não muda em nada o sentido religioso e cultural do evento.  

“ O pessoal está aprovando a mudança, o local é maior e conforta bem a todos. Não interfere em nada na tradição que é mantida como sempre foi. Da festa da praça faz falta apenas o clima interiorano do lugar.”  

Para Rose Neves, que serve na igreja Divino Espírito Santo, a festa não é apenas um meio que permite a interação com a comunidade mas também um modo de reconhecer que as ações e palavras de Pedro foram sinais do amor de Deus por todos, sendo a questão do local apenas um mero detalhe.  

 

d7627b56-de02-4ac8-aace-619e0b841b24

 

A festa ocorre de segunda a sexta -feira, após as missas das 19:30 e ao sábados e domingos após as missas de 19:00 e 18:00hs. No evento o participante pode optar pelas atrações religiosas, missa e procissões, ou por animações culturais, pratos típicos vendidos nas barraquinhas armadas na Catedral, e música ao vivo. Interaja. Participe.  

 

d1b97704-1a11-4775-a374-8b15d36d3e59

Festa da cidade com Alvorada Festiva

Por Daniel Rocha

Há quem acredita que a festa da cidade deve começar nas primeiras horas da tarde desta sexta – feira, 05/05, quando na verdade será nas primeiras horas da manhã com a realização da Alvorada Festiva que pretende percorrer as principais avenidas da cidade.

Promovida pelo Departamento de Cultura de Teixeira de Freitas Alvorada acontece quando um trio elétrico, em alto e bom som, percorre a principal avenida da cidade, Presidente Getúlio Vargas, entoando marchinhas de carnaval e músicas variadas como “Cidade Maravilhosa”.

Embora não tenha sido realizada nos últimos anos o evento musical volta com o mesmo espírito das primeiras apresentações da década passada, também organizadas por Dermeval Pires, que ocupa novamente o cargo de diretor de cultura.

“O ideal era que a alvorada fosse realizada no dia nove, mais como a festa vai ser antecipada nos dias cinco, seis e sete, vamos realizar no primeiro dia da festa, com muitos fogos e músicas variadas. Este ano a alvorada além da avenida principal tem no roteiro os bairros mais populosos… A nossa ideia é realizar exatamente enquanto o estiver escuro… Durante a madrugada. Vamos tocar Cidade Maravilhosa, essa música foi feita para homenagear a cidade do Rio de Janeiro, mas se aplica a toda cidade maravilhosa como Teixeira”. Destacou Dermeval Pires.

Convém dizer que a Alvorada Festiva é um momento que simboliza o carnaval, a alegria e a celebração da nossa maior data, é uma tradição inventada mas que consegue por alguns minutos envolver e alcançar através das ondas sonoras toda diversidade existente na cidade que comemora mais um ano de emancipação.

A festa que vai celebrar os 32 anos da cidade de Teixeira de Freitas começa nesta sexta-feira (05) na Avenida das Nações com uma variada programação animada por músicos locais, regional e nacional. Prestigie.

O Kong é Pop

Por Daniel Rocha

De volta às telas depois de um intervalo de 11 anos, o eterno King Kong ataca novamente no filme Kong – A Ilha da Caveira (EUA, 2016), em cartaz, em sua versão mais pop e com um roteiro que lembra os jogos de vídeo game.

Nesta adaptação, um grupo de diferentes e exploradores adentra a misteriosa e desconhecida Ilha da Caveira, localizada no coração do Pacífico, sem saber que estão invadindo um território habitado pelo terrível Kong , diversos insetos e animais gigantes.

Como adianta a sinopse o filme segue a risca a fórmula do cinema pop entregando um filme ágil e com muitos efeitos especiais. O diretor Jordan Vogt-roberts não leva a história muito a sério, brinca e abusa da grandeza do gorila que como nunca, esmaga e detona em sequências rápidas e cheias de ação que, por um momento, lembra os games de guerra e aventura.

Kong – A Ilha da Caveira traz uma série de referências a outros filmes, só não vai perceber quem tiver menos de 30 anos ou viveu ausente das salas nos últimos tempos. Com boas cenas de ação, batalhas, perseguições e efeitos especiais o mais pop entre os filmes do rei dos gorilas pode não ser o melhor lançamento da temporada, mas certamente é um bom entretenimento.

 

Em Cartaz: KONG-A ILHA DA CAVEIRA

Cine Teixeira 02

Sessões:

18:15H E 20:45H

 Cinesercla Pátio Mix Teixeira de Freitas

Dublado em português
3D
14:00
18:40
Dublado em português
Padrão
16:20
20:55

Informações Adicionais:
Classificação: 12 anos
Gênero: Ficção Cientifica
Duração: 2H00MIN
Dublado

Vejam também: Logam

A Grande Muralha em cartaz

Por Daniel  Rocha  A grande Muralha da China é um dos monumentos mais famosos do mundo, sua extensão e história encantam quem visita.  Porém só o monumento não é o suficiente para garantir um bom espetáculo e atrair o público-alvo, adolescentes, é preciso muitos efeitos especiais e batalhas espetaculares e nesse quesito o filme não decepciona.

O filme se passa no século XV, quando William (Matt Damon) e Tovar (Pedro Pascal) são dois mercenários em busca de “pó negro” (pólvora). Depois de escaparem do ataque de uma criatura misteriosa, eles se encontram, acidentalmente, aos pés da Grande Muralha. Lá, eles acabam aprisionados pelos guerreiros chineses, que estão na iminência de sofrerem um ataque. Reza a lenda que, a cada 60 anos, uma horda de monstros tenta transpassar a barreira, para se alimentar dos humanos que vivem do outro lado.

Apesar do belo cenário e das batalhas épicas o filme por vezes causa tédio. O elenco é regular e mesmo com a presença do astro Matt Damon não há uma atuação que mereça destaque.

Os diálogos são dispensáveis e nos momentos de maior agitação, como na cena de ataque das monstruosas  seres, o roteiro entrega soluções clichês. Graças aos efeitos e às lutas épicas o filme entretém sem muitas dificuldades.

 

A Grande Muralha

Sessões:

18:15

20:45

 

Informações Adicionais:

Classificação: 12 anos

Gênero:

Duração: 1h44min)

Dublado

 

Sarau da Juventude Petista em Prado

O  Primeiro Sarau da Juventude Petista de Prado (BA) é de esquerda, é pela democracia popular e socialista, é contra o golpe que destituiu a presidenta Dilma sem que ela houvesse cometido algum crime. É especialmente pela literatura, pela prosa, pela poesia, pela história.

Será realizado as 15hs do dia 12/11/16 na praça Redonda e  contará com a presença do escritor e escultor Emídio Neves da Parayba, escultor que  já realizou várias exposições em Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro, Ouro Preto, Itabirito.

Emídio é o autor do livro  “Quando Florescem os Ipês” e  Prepara  seu segundo romance, “Engenho da Conceição”. É membro da ANELCA (Academia Nevense de Letras, Ciência e Artes) desde 2001, onde exerceu o cargo de diretor de artes, atualmente é titular da cadeira literária n° 32. Haverá sorteio de livros! Participe!

O deslumbrante DR. Estranho

 

Por Daniel Rocha

DR.Estranho (Doctor Strange, EUA/2016, 115 min. Dir. Scott Derrickson)  é uma adaptação de um clássico personagem dos quadrinhos da Marvel para o cinema. O filme de ação tem efeitos visuais deslumbrantes, interpretações e diálogos inteligentes.

No filme Benedict Cumberbatch é o neurocirurgião  Stephen Strange que, após perder os movimentos das mãos em um acidente de carro, parte para um misterioso centro médico no Himalaia  em busca de cura. Lá ele adquire poderes mágicos ao ser treinado pela Anciã ,Tilda Swinton,   que o orienta para enfrentar  as forças do mal.

Os efeitos visuais são originais e  coerentes com a história e o contexto do filme, por isso quando o cérebro gritar “isso é impossível” o argumento da história já vai ter o convencido que o personagem pode sim mover o espaço e o tempo.

Apesar do destaque dos efeitos, para mim, o ponto forte  do filme do Estúdio Marvel são as boas interpretações do elenco cuja à química se faz notar quando dividem a cena com Benedict Cumberbatch ,o astro principal.

Benedict Cumberbatch estoura no papel de um Doctor Strange brilhante, arrogante e cheio de si e nem por isso sem humor. Os diálogos entre Strange e a anciã, apesar de não didáticos, são profundos e trazem boas reflexões.

Mesmo trazendo no título o nome “Estranho” este é, claramente, um filme  deslumbrante.

Em cartaz:

Cine Teixeira
Sessões: Dublado
16:00
18:15
20:40

Cinesercla Pátio Mix Teixeira de Freitas*

Dublado
3D
14:10
16:20
18:30
20:40
Padrão
14:20
sujeito alterações

Sessão Kung Fu: O Shaolin do Sertão

Por Daniel Rocha

No final dos anos de 1980 e início dos anos de 1990, a TV Bandeirantes exibiu a sessão  de filmes Força Total, dedicada a exibição de  produções  americanas e chinesas  de artes marciais,  também conhecida como “Sessão Kung Fu.”

 

Na época os  filme agradavam em cheio o público masculino inclusive a garotada fã do ator chinês Bruce Lee que ,desde o início da década de 80, encantava com seus filmes rodados em Hollywood.

A popularidade do gênero era tamanha que  não se considerava estranho encontrar nas paredes das casas um quadro com a  foto do grande astro oriental.

A comédia brasileira, em cartaz, O Shaolin do Sertão (2016) é um tipo de homenagem, não anunciada, aos fãs gênero  daquela época. A fita traz de volta essa atmosfera ao retratar de forma cômica a influência do cinema na cultura popular, sobretudo, do nordeste.

 

No filme , durante a década de 80, lutadores de vale-tudo passam por dificuldades devido à falta de lutas profissionais. A fim de manter a paixão pela luta, eles desafiam os valentões no interior do Ceará que aceitam participar da competição criada. É assim que Aluiso Li (Edmilson Filho) vê a sua chance de ouro para realizar o sonho de se tornar um verdadeiro mestre das lutas como os heróis de seus filmes favoritos.

 

A fita, de longe a comédia do ano, traz de volta o humor escrachado e belas interpretações de  grandes  nomes do gênero como o eterno trapalhão Dedé Santana e a ótima Fafy Siqueira.

 

Já o estreante mirim Igor Jansen  não fica para trás ao interpretar com destaque o personagem Piolho ao lado do astro principal  Edmilson Filho que encanta com sua performance e carisma. Vale a pena reviver a nostalgia deixada pela sessão Kong Fu.Vale a pena comprar o ingresso.

 

 

Cinesercla PátioMix Teixeira de Freitas*

18:35
20:40

*Sujeitos a  alteração.

 

 

Bruxa de Blair ainda assusta

 

Por Daniel Rocha

O ano de 1999 foi marcante para o cinema, filmes como Matrix ( Wachowski) Clube da Luta (David Fincher) Bruxa de Blair (Adam Wingard) mudaram o modo de fazer cinema.

Essas produções mostraram a indústria que filmes de baixo custo, criativos com histórias provocantes e cheias de reviravoltas também conquista público.

Depois de 16 anos do lançamento e uma continuação que não agradou, Bruxa de Blair 2: O Livro das Sombras , 2000, o diretor Adam Wingard tenta surpreender o público novamente com o novo Bruxa de Blair ,2016, repetindo o estilo falso documentário consagrado no original.

No filme, depois de encontrar um vídeo que acredita ser da experiência de sua irmã desaparecida, James e um grupo de amigos decidem explorar a floresta de Black Hills.

Aos poucos, eles começam a compreender que a lenda é verdadeira e mais terrível do que eles poderiam imaginar.

O filme segue novamente a fórmula falso verossímil que foi destaque na época do lançamento , 1999, ao convencer o público que se tratava mesmo de um registro verdadeiro.

Porém se comparado com o primeiro filme a sequência não é criativa e nem apresenta a mesma atmosfera assustadora do original. É um filme de terror que não entrega o que promete,  mas mesmo assim assusta.

Em Cartaz no Cinesercla PátioMix Teixeira de Freitas

Bruxa de Blair
Sessões:

18:35

20:50

Informações Adicionais:
Classificação: 12 ANOS
Gênero: Terror
Duração: 1h29min
Dublado

 

 

 

RIO 2016 – “Aquele Abraço” a Canção Olímpica

 

 

Por Daniel Rocha

Em 1997 o Rio de Janeiro chegava na reta final da disputa para sede dos jogos olímpicos de 2004. Com forte apoio popular inflado pela campanha de marketing do governo federal e das principais redes de TV do país o assunto tornou – se comum.

Na disputa final o Rio de Janeiro perdeu para a Atenas na Grécia deixando todos que torciam a favor frustrados com a derrota. Da experiência uma coisa marcou aquela geração, à música de divulgação da candidatura.

A canção “Aquele Abraço” Rio 2004, interpretada pelos destaques da música nacional da época, contagiava a todos que a cantarolavam em qualquer ponto de encontro, lanchonete, praça e escolas.

No embalo da campanha a música de Gilberto Gil era o destaque na TV e emissoras de rádio da cidade e do país. Um vídeo clipe com uma nova versão da música gravado com a presença de grandes nomes da música nacional como Caetano Veloso e Roberto Carlos.

Em 1997  a maioria dos brasileiros, apesar de acreditar que o mundo estava fadado acabar no ano 2000, sonhavam com a possibilidade de ver os Jogos Olímpicos serem realizados no país.

No final das contas o sonho Olímpicos de 2004 morreu no dia 8 de março de 1997 quando Comitê Olímpico internacional COI, não classificou a cidade maravilhosa entre as finalistas pela disputa do direito de sediar os Jogos.

Em 2009, treze anos depois da primeira candidatura, o Rio conquistou o direito de sediar o desejado evento que começa oficialmente na sexta-feira, 5 de agosto, a partir das 20h, no Maracanã. Os primeiros movimentos já repercutem e chamam a atenção do país e do mundo.

Por isso é curioso observar que a poucos dias do início do movimento Olímpico a música tema Oficial dos jogos Rio 2016 – “Alma e Coração” não goza da mesma popularidade da canção da candidatura Rio 2004.

Talvez porque no momento parte da população está frustrada com a ambiguidade do processo político que cominou no afastamento da presidente Dilma Rousseff e por isso repudiam o marketing oficial dos jogos. Ou simplesmente porque a canção de 1997, traduzia melhor nossa ideia de país democrático, livre e Olímpico.

Gilberto Gil irá se apresentar com o amigo, e conterrâneo, Caetano Veloso na cerimônia de abertura da Olimpíada no Maracanã. Quem sabe ele traz de volta “Aquele Abraço”.

 

 

Foto: Google Imagens