Recordações da “Beatlemania” no bairro Recanto do Lago

Por Daniel Rocha*

A “Beatlemania” é um neologismo criado na década de 1960 para descrever a histeria coletiva que afetava os fãs em relação à banda Inglesa The Beatles. Acredita-se que em Teixeira de Freitas, cidade do extremo sul da Bahia, o fenômeno ocorreu no bairro Recanto do Lago em 1995 motivado pela campanha de lançamento da música Free as a Bird”.  

 Free as a Bird foi uma canção inacabada composta e registrada em 1977 por John Lennon ,beatle assassinado em 1980, finalizada e lançada por Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr em 4 de novembro 1995 no álbum “The Beatles Anthology”, alardeado na mídia como “a reunião  da banda”.  

O grande acontecimento musical arrebatou os corações e mentes de alguns dos jovens moradores do bairro de classe média que passaram a consumir livros, coletâneas gravadas em fita K- 7 e à icônica revista especializada “Revolution” editada por Marco Antonio Mallagoli, o único brasileiro que esteve com todos os integrantes da banda e presidente  fã clube,  único autorizado pelos beatles na América latina.

Capa da Revista Revolution

 Segundo a perspectiva do músico Marcos Marcelo que na época liderou o grupo de fãs, com idades compreendidas entre 14,15 e 16 anos, o perfil dos jovens que aderiram a febre no bairro variava e se assemelhavam em alguns aspectos.

 Por exemplo, alguns estudavam em escolas públicas e outros em escolas privadas, todos frequentavam Igrejas e pertenciam a famílias tradicionais, cursava informática ou datilografia, alguns jogavam futebol na rua, outros na quadra do Clube Jacarandá, cumpria algumas obrigações domésticas e com regularidade assistiam TV, ouvia programas de rádio e frequentavam locadoras de vídeo.

Na contramão, os beatlemaníacos faziam uso do tempo livre para tocar e aprender com o violão as primeiras notas de “Free as a Bird” ouvindo repetidas vezes no toca-fitas e “costumeiramente” se reuniam em espaços como, calçadas, garagens e varandas para conversar sobre as bandas, The Beatles, Legião Urbana e Mamonas Assassinas e cantar em inglês, pronunciado de modo estranho, as composições dos ídolos de Liverpool, ícones do rock e da cultura pop internacional.  

Frase  John Lennon

 

 

 

 

 

 

Citações de frases e comentários sobre  os discursos ácidos de John Lennon  contra o tradicionalismo, violência e a favor da luta por justiça social , transformação individual e coletiva, proferidos intensamente pelo cantor depois do fim da banda no início da década de 1970, divulgados pela revista “Revolution” animavam as falas e os pensamentos dos jovens fãs.

 Por essa razão ,revela Marcos  Marcelo, os jovens fãs embora “orientados pela família , escola e igreja”, deixaram o cabelo crescer e assim o fazendo “assumiram uma postura contestadora e rebelde em relação ao estilo de vida, costumes e hábitos”, expressos nas rodas de bate-papo sob a forma de relatos das primeiras aventuras sexuais, goles e tragos às escondidas.

foto, à esquerda: Marcos Marcelo e Bruno Vellarte à direita

 Com o fim do interesse coletivo pelos beatles,  os participantes do grupo abraçaram outras causas e ritmos. Contudo alguns seguiram cantando e homenageando a banda em outros espaços e épocas Marcos Marcelo, contrabaixista e vocalista, por exemplo  fez parte da banda cover local “Os BA-tles” formada pelos beatlemaníacos Marcelo Torres ( baterista) Rafael leite (guitarrista) e Bruno Vellarte ( guitarrista e vocalista).  

“Eu conheci o Bruno Vellarte em 2011 durante um projeto chamado “Banda Coração Pirata” e daí começamos a conversar, trocar experiências musicais e ele me mostrou o projeto “BA- tles” com outros integrantes , daí em diante começamos uma grande parceria”. Recordou Marcos Marcelo.

Em 2013 a banda que faz uso de uma réplica do “lendário baixo de Paul McCartney”, participou da 2ª  Expo Beatles de Teixeira de Freitas, (exposição sobre beatles) realizada em uma churrascaria no centro da cidade  que contou com a exibição de canecas, camisetas, revistas, posters, vinil, CD e com o show da banda cover .

 A exposição que teve sua última edição realizada em 2014 no Shopping Teixeira Mall, foi idealizada pelo músico Bruno Verllart e outros fãs ardorosos do grupo musical inglês na cidade. Nas duas ocasiões o evento fez lembrar a rememorada “Beatlemania” que agitou  os corações e mentes de alguns adolescentes no Bairro Recanto do Lago no ano de 1995. 

Créditos & Referências

The “anthology” está a 96 horas dos ouvidos dos fãs.  O estado de São Paulo, 16 de novembro de 1995. Acervo site tirabanha.com.br

Micthell. James A. John Lennon em Nova York: Os anos de revolução. Editora Valentina Ltda. 2013.

Site da revista  Revolution, http://beatlesrevolution.co.uk/ . Acessado em 10/08/2018.

Anhology 1. Wikipedia, a enciclopédia livre. Acessado em 10 de agosto de 2018.

Free a Bird.  Wikipédia, a enciclopédia livre. Acessado em 10 de agosto de 2018.

O texto foi construído a partir da perceptiva informada em diversas conversas  formais com Marco Marcelo em  outubro  e novembro de 2018.

Os BA-tles no John Black Pub. I Wanna Hold Your Hand. Publicado em 25 de março de 2014 por Izaac Chaves. Disponível no Youtube. Acessado Novembro de 2018.

Foto  extraída do site do site Revolution.

Fotos Banda  enviadas por Marcos Marcelo.

Daniel Rocha*
Historiador graduado  e Pós-graduando em História, Cultura e Sociedade pela UNEB-X.

Contato WhatsApp: ( 73) 99811-8769

e-mail: samuithi@hotmail.com

Se você chegou até aqui parabéns! Tens o hábito da leitura.

 

2 thoughts on “Recordações da “Beatlemania” no bairro Recanto do Lago”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *